MEC pede que crianças cantem hino, citem slogan de Bolsonaro e chupem laranja

O Ministério da Educação está obrigando crianças a cantar o Hino Nacional e a citar o slogan “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”. Para piorar, todos os alunos devem chupar laranja.

As medidas, segundo o MEC, não são para homenagear Bolsonaro. As laranjas são para melhorar a saúde das crianças.

“Todo mundo sabe que laranja tem vitamina C, é bom para a gripe e para aumentar o patrimônio”, disse um técnico.

Sensacionalista

3 comentários em “MEC pede que crianças cantem hino, citem slogan de Bolsonaro e chupem laranja

  • 26 de fevereiro de 2019 em 15:49
    Permalink

    Adorei a iniciativa, isso promove o patriotismo e a crença de que vivemos em um país que ama seu povo…
    E relação as laranjas… Isso é otimo, reflete na saúde, imunidade contra a gripe e mata a fome de muitas criancas que nem iso rem em casa..
    Amei, Parabens ao MEC

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2019 em 15:50
    Permalink

    Adorei a iniciativa, isso promove o patriotismo e a crença de que vivemos em um país que ama seu povo…
    E relação as laranjas… Isso é otimo, reflete na saúde, imunidade contra a gripe e mata a fome de muitas criancas que nem isso tem em casa..
    Amei, Parabens ao MEC

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2019 em 16:34
    Permalink

    Vcs sensacionalisam tudo! O que tem de errado em ser patriota nacionalista cantando o hino Nacional!? O slogan “Deus acima de tudo! Brasil acima de tudo! O que tem de errado em dizer isso?!?! A criança não deve ser obrigada, mas noção de Fé, patriotismo é algo normal e saudável!! Sou intervencionista, não votei e nem apoiei Bolsonaro, nem por isso
    vejo nada errado! Queria o MEC EXTINTO, corrompeu duas gerações com mentiras! Nós Intervencionistas queremos é uma INTERVENÇÃO! INTERVENÇÃO CÍVICO MILITAR PELO ART IGO 1° CF/88! Que as #FFAA tomem a administração do Brasil pq Bolsonaro está a serviço dos globalistas! Não apoiamos!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *